Entrevista para a Kerrang! Magazine

Taylor Momsen está na capa da edição de natal da Kerrang! Magazine e também deu uma entrevista para a revista falando sobre seu 2016. Confira:

Quanto trabalhar no seu terceiro álbum, Who You Selling For, preencheu a primeira metade do seu ano?
Isso preencheu completamente. Nós ainda trabalhamos nele até o final de junho e eu diria que era o nosso único foco. Nós realmente fomos fazer esse álbum com muito vigor.

Qual é o sentimento quando você acaba algo que você colocou tudo de si? 
Isso é muito animador e gratificante, e ao mesmo tempo você fica exausto porque você simplesmente jogou toda a sua energia e foco em algo por um longo periodo de tempo. Quando você termina há apenas este grande buraco vazio e você tem que descobrir como preencher esse buraco e seguir em frente.

Fora do estúdio como foi o seu tempo enquanto estava em turnê?
Foi fantástico. Os shows foram ótimos dentro do fato de que todos nós ficamos doentes no começo da turnê nos EUA. Foi muito difícil e infelizmente tivemos que cancelar ou remarcar shows porque eu perdi totalmente a minha voz. O nosso motorista do ônibus ficou doente, e quando você está vivendo em uma proximidade tão grande se uma pessoa fica doente, todos vão cair em algum ponto. Isso derrubou a gente um pouco, mas fora isso foi simplesmente explosivo.

Seu show em Londres já está esgotado?
Oh sim, isso é uma bênção. É tão bom estar de volta em Londres para um show esgotado. Eles conheciam todas as palavras do nosso material antigo e eles conheciam as músicas novas que já tinhamos lançado. O álbum ainda não tinha sido lançado então nós resolvemos nos apresentar de novo e dizer "Ei, vocês lembram de nós? Estamos voltando". Foi um ótimo show naquele momento. Eu amo o Reino Unido e eu estava até falando sobre me mudar pra cá.

Sério? Você estaria procurando um local em Londres?
Eu não sei. Eu realmente gosto de Londres, mas eu gosto do norte da Inglaterra e um monte de outros lugares. Eu adoro Plymouth e a área fora de Glasgow é muito legal, também. Eu vi um monte de lugares que eu gostei, então talvez eu poderia me mudar e alugar antes de escolher um lugar para me estabelecer definitivamente.

Nós temos certeza que Plymouth irá te receber de braços abertos. Qual foi o melhor espetáculo que você foi esse ano? 
Eu não vou a muitos shows quando estamos gravando, mas eu fui ver o Pearl Jam, o que foi muito espetacular. Eu era uma grande fã deles enquanto crescia, eles são tão talentosos e eu vi eles no Foway Park em Boston. Isso foi muito legal e eles fizeram um baita show. E que foi longo também - os caras continuam tendo muita resistência.

Para terminar com uma nota agitada, qual foi a pior coisa sobre 2016?
Eu não sei nem por onde começar. A política de 2016 foi simplesmente insana e teve a perda de vários ótimos artistas. Perder o David Bowie foi devastador pra mim porque eu era uma grande fã dele. Teve o Prince também - e a lista continua. Foi um ano louco por inúmeras razões e eu acho que estamos em um ponto de inflexão agora. Isso aconteceria de uma maneira ou de outra, mas esperançosamente espero que as coisas tomem uma direção mais positiva em 2017.

Tradução por Fc Cold Blooded. 
FAÇA SEU COMENTÁRIO