Matéria sobre a Taylor Momsen na Maxim Magazine


Taylor Momsen está na edição de novembro da revista Maxim, que traz uma entrevista e um photoshoot inédito dela. Confira a Tradução e os scans abaixo:




Confira abaixo a tradução da entrevista da Taylor Momsen para a Maxim Magazine:

Ela pode só ter 20 anos, mas Taylor Momsen, a absurdamente gostosa líder da The Pretty Reckless, tem realizado mais do que nós preguiçosos pudemos imaginar. Ela começou como Cindy Lou Who em “How The Grinch Stole Christimas”, aproveitou 4 limitadas temporadas de Gossip Girl, fez uma turnê mundial com o Marilyn Manson, e foi selecionada como a cara da coleção da linha Madonna. Agora, com o lançamento do segundo álbum da banda dela, Going To Hell, e a atual turnê, ela claramente tem seus olhos postos em se tornar uma grande rock star. Senhores, preparem-se para ficaram agitados.

Como foi o shoot?
Foi ótimo! Nós fotografamos no Ace Hotel em Nova Iorque e eu trouxe as minhas guitarras. Teve um vibe Rock N’ Roll, o que é um pouco diferente para a Maxim.

Você tem muita participação nos seus photoshoots  e nos seus clipes?
Eu sou muito envolvida em qualquer coisa ligada a criatividade,  e eu, na verdade, co-dirigi o vídeo para My Medicine. Eu gosto de misturar música com imagem, e na minha idade sexualidade é uma grande parte disso, então me parece apropriado.

Você começou a The Pretty Reckless enquanto você estava em Gossip Girl. Você ficou preocupada em não ser levada a sério como música?
Eu tenho feito música desde que eu me lembro, e alguns anos atrás eu cheguei a um lugar onde eu tinha uma banda e podia parar de atuar; aquele era meu dia de trabalho, eu assinei com Gossip Girl quando tinha 12 anos, e desde então eu tenho 2 discos, fiz uma turnê com Guns N’ Roses... Quero dizer, parece um mundo diferente.

Os seus fãs são uma mistura estranha de garotas adolescentes e caras “heavy metal”?
É definitivamente uma combinação. Nós temos velhos rockers que nunca ouviram sobre Gossip Girl, como temos pais trazendo seus filhos e falam “Você só pode estar brincando, vamos embora.’’ Nós já tivemos pais chamando a policia durante o show falando que era inapropriado para seus filhos.

Talvez eles tenham confundido você com uma Taylor diferente. Qual a coisa mais louca que já aconteceu durante uma turnê?
A maioria da histórias provavelmente não deveriam ser anotadas! Mas de algum jeito uma tradição começou de garotas subirem no palco e fazerem um “strip” durante a música Goin’ Down. Eu acho que começou nos EUA com garotas tirando a camisa, e quando fomos a Argentina a menina ficou pelada!

Suas roupas são bem provocativas. O que te faz sentir muito sexy?
É menos sobre o que eu estou vestindo  e mais sobre me sentir poderosa enquanto performo. Isso faz meu sangue fluir.

Seus pais já foram assistir um show?
Sim! Mas eu meio que coloco eles no fundo para eu não ter que vê-los. É difícil tocar na frente da sua família, mas eles dão muito apoio.

Você sempre esteve no Rock?
Eu só gosto de boas músicas. Meu pai tem uma grande coleção de vinil, então eu cresci com Beatles, Zeppelin e The Who. É como eles dizem:  Uma vez que você escuta boa música, como ouvir música de merda?

Tradução por Momsen Brasil


FAÇA SEU COMENTÁRIO