Entrevista da Taylor Momsen para a Fuse Tv Traduzida



Há alguns dias Taylor fez uma entrevista para a Fuse tv, veja a entrevista e abaixo a tradução:


TRADUÇÃO

Essa turnê será muito divertida, vai ser f*** para c******.
Eu disse ao nosso cara do som que se ele não arrebentar com o sistema ele será despedido, então...

-TEMA DO INFERNO-

Nós fizemos a turnê do Light Me Up por cerca de 3 anos e quando acabou eu realmente precisei dar um tempo, me afastar de tudo e reagrupar. Então eu fui para longe, desliguei o telefone e concentrei toda a minha mente... tipo... me coloquei de volta na zona da escrita. Enquanto Ben, o guitarrista, começou a escrever as novas músicas, o tema naturalmente começou a aparecer, não foi intencional, e aquilo meio que se tornou um pedaço de música.
Eu penso que o inferno está a nossa volta o tempo todo. Dentro de nós, em volta de nós...
E você tem visto o mundo ultimamente? (ri) Não está exatamente em seu melhor estado...

-FOLLOW ME DOWN-

Aquilo, na verdade, não é o meu diário. Eu levo um livrinho para todo o lado, tem um na minha bolsa agora.
Então, mais ou menos que veio dessa ideia e o objetivo era ter uma cruz e que fosse quase como um conto de fadas de criança, uma historia meia distorcida e a ideia de ter um diário bastante simples, escrito à mão com páginas virando lentamente.
Tem algo diferente entre ele e os outros lyric videos que as pessoas lançam. Eu queria fazê-lo quase como um livro para crianças com problemas mentais, como se estivessem a lendo um conto de fadas 
Eu não gosto de ser muito específica com músicas, e explicá-las, explicar sobre o que elas são... 
Apenas porque eu gostaria que o ouvinte tenha uma mente aberta quando for ouvir pela primeira vez e que se relacione com a música. 
Mas essa música, de modo geral, é sobre uma relação entre uma mulher nova e um homem mais velho, então entenda disso o que quiser. (ri) 

-O PÔSTER DA TOUR-

Essa imagem fará muito mais sentido assim que as outras fotos que a sequenciam saírem.
Foi uma foto tirada quando fizemos a capa para o CD.
Eu nem pensei sobre isso, eu estava literalmente meio "ahhh, vamos tuítar alguma coisa porque não tuíto nada há um minuto” e tuitei o poster da turnê sem pensar em nada, agora ele está por aí em sites e afins.
Eu realmente não esperava que aquilo acontecesse, eu só pensei que era um belo shot do meu rosto; já fiz coisas muito piores no passado (ri) então não pensei que alguém fosse se importar. 

-TOCAR EM CLUBES AOS 20 ANOS-

Apenas na America  é um 21 anos. Eu realmente não sei de onde veio isso. É estranho para mim o fato de que você pode ir à guerra aos 18 e matar alguém, mas não pode beber uma cerveja ao chegar em casa. 
Mas é só Rock n' Roll , sabe, nós tocamos, fazemos o que fazemos e eu não direi que não aprecio um copo de vinho aqui e ali, ou mais que “aqui e ali” uma vez ou outra. (ri) Mas, você sabe...  Isso não me afeta muito. 

-FAZER TURNÊS-

Está turnê será muito divertida para nós porque finalmente tocaremos um novo material, então estou muito animada para tocar novas músicas e começar a soltar músicas para os fãs. Já faz tanto tempo para nós e só de tocar outra vez... estou tão ansiosa. 
Eu sempre digo que se você não está tocando, você já não é mais uma banda, então... 
Nós tocaremos Going To Hell e algumas músicas novas; e temos bastante coisa do Light Me Up, do EP de Hit Me Like A Man, alguns novos covers e tal... portanto deverá ser uma turnê bem legal.
Tem sido um processo longo, então estamos muito ansiosos para voltar à estrada, tocar e ficarmos loucos.

Entrevista traduzida pela equipe do Fc Cold Blooded, se copiar coloque os  créditos.


FAÇA SEU COMENTÁRIO