Revolver Magazine fala sobre o novo álbum do The Pretty Reckless


A nova edição da revista REVOLVER MAGAZINE tem uma matéria onde fala sobre o processo de gravação do novo álbum do The Pretty Reckless, Going to Hell, fala muitas coisas que já sabíamos, veja a matéria traduzida abaixo:

"Fazer esse álbum foi um longo processo, cheio de tragédias." Taylor Momsen vocalista do The Pretty Reckless fala sobre o próximo álbum do grupo, going to hell, previsto para o final desse ano. Primeiro, o furacão sandy castigou a costa leste no ano passado e atingiu o estúdio "Group's Hoboken", Nova Jersey. "Tudo estava debaixo de oito metros de água," diz Momsen."Foi muito brutal. Todas as nossas guitarras, todos os nossos microfones, nossos amplificadores, nossos fones, tudo estava destruído. É muito devastador." A banda levou cerca de seis meses para voltar-se sobre seus pés depois da tempestade, que também inspirou faixa-título do novo álbum.
  Mas assim que o grupo superou o furacão sandy, então destino atacou novamente, quando a esposa do produtor Kato Kandwhala faleceu. "Ela era como uma familia," diz a cantora. "Sua perda foi enorme, ele ainda não se recuperou"
 Apesar das catástrofes, o grupo continuou. “Nós temos tocado juntos por quatro anos e você pode realmente ouvir isso,” Ela diz sobre o novo som da banda, que incluiu 15 músicas que a The Pretty Reckless gravou com a pressão do tempo. “Nós desenvolvemos um som.” Julgando pelo recente single lançado “Follow Me Down,” esse som se pode tirar por pistas, Led Zeppelinesque hard rock. E Momsen canta a melancolia a partir do coração. “Nós levamos isso por que vale a pena e continuamos seguindo em frente,” ela diz da estrada angustiante para o novo álbum. “Uma vez que você finalmente está no palco com a música, vale a pena”.

* Matéria traduzida pela equipe do Fc Cold Blooded com ajuda do Cláudio Junior, não utilize sem os devidos créditos. 



FAÇA SEU COMENTÁRIO